Cães e gatos pegam o coronavírus

Cães e gatos pegam o coronavírus? Eles podem passar?

Hoje, iremos falar sobre se cães e gatos podem ter coronavírus. Eles podem passar para mim ou minha família? 

Cães e gatos pegam o coronavírus? Eles podem passar?

Em relação à declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a nova pandemia de coronavírus e a chegada do vírus ao Brasil.


Além de manter e melhorar nossa atenção e preocupação em evitar a disseminação desse novo vírus, há outra questão em relação ao bicho de estimação…

Nossos animais de estimação (cães e gatos) podem pegar ou espalhar o novo coronavírus (Covid-19)?

De acordo com informações obtidas no site oficial da Organização Mundial da Saúde (OMS), até o momento, não há evidências de que animais domésticos, como cães e gatos, possam ter sido infectados ou disseminado o novo coronavírus (COVID-19).

Nesse caso, de onde vem o vírus?

O coronavírus em si é na verdade uma família estendida de vírus que causam doenças em animais e humanos. 

Em humanos, muitos coronavírus são conhecidos por causar infecções respiratórias, desde o resfriado comum até doenças mais sérias como a SARS (Síndrome Respiratória Aguda). 

COVID-19 (Novo Coronavírus) é uma das doenças infecciosas respiratórias mais recentes descobertas pelo coronavírus, que afeta apenas humanos. Nossos animais de estimação não  espalham ou carregam  COVID-19.

Qual animal transmite o Coronavírus?

Até o momento, não há evidências de que animais de estimação possam espalhar COVID-19 para humanos.

A família do coronavírus é muito ampla, não se limitando à causa do COVID-19. Certos tipos desses vírus podem causar doenças humanas, enquanto outros tipos de animais também podem causar doenças animais, como vacas, camelos, morcegos, cães e gatos.

Cães e gatos podem carregar um coronavírus (α-coronavírus) que não está relacionado ao COVID-19 (β-coronavírus) como falamos. 

No entanto, esses animais domésticos podem “carregar” o coronavírus nas patas e nos pêlos porque alguém com coronavírus espirrou.

Por isso é importante restringir o caminhar e a higiene adequada dos animais de estimação, não deixando eles saírem de casa, por exemplo.

O Coronavírus veio de qual animal?

Até o momento, não está claro como o novo coronavírus infectou os chineses no começo da pandemia. 

Segundo a suspeita dos pesquisadores, o vírus que vive no trato respiratório dos morcegos já passou pelo hospedeiro intermediário pangolim e pode se instalar no corpo humano por meio de um processo de mutação.

A agência de notícias chinesa Xinhua destacou que o coronavírus encontrado nos pangolins é o mesmo coronavírus encontrado em pessoas infectadas com a doença.

Principais cuidados com os pets durante a quarentena

Os animais domésticos são uma parte muito importante do nosso dia a dia e por isso precisamos cuidar muito bem deles nesse quarentena. Por viverem entre nós, há algumas coisas a que prestar atenção durante este período de isolamento.

Durante a quarentena, é importante limitar ao máximo as caminhadas, mas aqueles que levam animais de estimação para passear devem encontrar lugares externos que não estejam lotados.

Quando seu animal de estimação está andando na rua, é muito provável que entre em contato com o vírus em certas superfícies através da língua e das patas. Isso não significa que ele possa estar doente, mas pode trazer o vírus para dentro de casa .

O conselho mais prudente no momento é:

  • Mantenha a casa sempre limpa, especialmente o chão e o solo
  • Depois de passear com o animal, lave suas patas com água e sabão
  • Se você dorme com seu animal de estimação, troque a roupa de cama com freqüência
  • Não beije os animais, pois a boca é uma das vias de entrada do vírus no corpo humano

Não devemos esquecer que, na maioria dos casos, o coronavírus pode ser assintomático, sendo necessário lavar as mãos com água e sabão com freqüência, inclusive após brincar com animais de estimação. 

Também é importante manter a imunidade e manter um entendimento completo. Como o vírus é um vírus novo, as informações mais recentes sobre a disseminação entre animais e humanos podem ser obtidas a qualquer momento.

Cães e gatos pegam o coronavírus: Como cuidar deles e de nós?

Portanto, não pouparemos esforços para cuidar de nossos queridos animais de estimação e, ao mesmo tempo, daremos mais atenção aos nossos cuidados básicos de saúde.

Como lavar as mãos com água e sabão ou gel de esterilização à base de álcool 70% e cobrir o boca ao espirrar (Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras sugestões do Ministério da Saúde.

Desta forma, podemos evitar que o novo coronavírus se espalhe para nós, e também podemos aproveitar nosso dia a dia com cachorros e gatinhos, ou mais precisamente, nossos queridos amigos peludos!

A disseminação do novo coronavírus se dá por meio das secreções das vias aéreas dos pacientes. Para que ocorra a contaminação, as secreções devem entrar em contato com o revestimento dos olhos, boca e nariz suscetíveis.

Portanto, é importante tomar medidas básicas de higiene, como a higienização das mãos e o uso de máscaras pelas pessoas.

Para animais de estimação, é importante manter medidas de higiene regulares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s