cachorro pode comer chocolate

Chocolate é realmente tóxico para cães? Será verdade ou mito?

O chocolate é tóxico para cães e, dependendo do tipo e da quantidade de chocolate consumido e do peso do cão, pode causar uma emergência veterinária séria. 

Se você sabe ou desconfia que seu melhor amigo comeu chocolate, é importante monitorá-lo quanto a sinais de toxicidade ao mesmo tempo em que você mantém contato com seu veterinário de confiança.

Por que o chocolate é tóxico para cães?

O chocolate contém teobromina e cafeína, as quais podem acelerar a frequência cardíaca e estimular o sistema nervoso dos cães.

O risco de um cachorro ficar doente ou apresentar reações alérgicas ao ingerir chocolate depende basicamente do tipo, da quantidade de chocolate consumido e do peso do cão.

Vale destacar, que as concentrações de substâncias tóxicas variam entre os diferentes tipos de chocolates. Dentre aqueles que possuem maior teor de substâncias tóxicas para cães, podemos citar:

  • Cacau em pó;
  • Chocolate meio amargo;
  • Chocolate amargo;
  • Chocolate de leite.

Saber quanto e que tipo de chocolate seu cão comeu pode ajudar você e seu veterinário a determinar se você tem uma emergência. 

Em geral, doses a partir de 25 gramas de chocolate por peso corporal merecem atenção e acompanhamento especial, enquanto que o consumo de 40 gramas ou mais por peso corporal pode ter consequências graves, especialmente para cães pequenos. 

Vale destacar, que comer uma migalha de bolo de chocolate ou um pedacinho muito pequeno de uma barra de chocolate, por outro lado, provavelmente não acarretará em problemas para o seu cão, especialmente se for uma raça maior. No entanto, o chocolate nunca deve ser oferecido como uma guloseima.

Quais são os sinais de envenenamento por chocolate?

Os sinais de envenenamento por chocolate geralmente aparecem entre 6 a 12 horas após o consumo e podem durar por até 72 horas, incluindo os seguintes sintomas:

  • Vômito;
  • Diarréia;
  • Inquietação
  • Aumento da urina;
  • Tremores;
  • Frequência cardíaca elevada ou anormal;
  • Convulsões;
  • Colapso e morte.

 Atenção: Cães mais velhos e cães com problemas cardíacos têm maior risco de morte súbita por envenenamento por chocolate.

Meu cachorro comeu chocolate: O que fazer?

Se você acredita que seu cão comeu chocolate, ligue para o veterinário imediatamente.

Com base no tamanho do seu cão e na quantidade e tipo de chocolate consumido, seu veterinário pode recomendar que você monitore seu cão quanto aos sinais clínicos listados acima e o ligue de volta se a condição dele piorar.

No entanto, em outros casos, o veterinário pode preferir que você leve o seu cão até a clínica para medicação e observação. 

Em um atendimento veterinário, médicos veterinários podem induzir o seu cão ao vômito e dar a ele várias doses de carvão ativado.

O carvão ativado, quando consumido logo em seguida a ingestão de chocolate atua na remoção das toxinas para fora do corpo antes que elas possam ser absorvidas pela corrente sanguínea. 

Para casos mais graves, a intervenção veterinária pode ser necessária para fornecer tratamento suplementar com medicamentos para resolver os efeitos do envenenamento.

Confira algumas dicas para evitar que seu cachorro consuma chocolate

Armazenamento adequado: Certifique-se de que todos os itens de chocolate, incluindo cacau em pó e achocolatados, sejam armazenados onde o cão não possa alcançá-los, como em uma prateleira alta em uma despensa com porta fechada.

Oriente seus familiares: Lembre seus filhos e convidados de que o chocolate deve ser mantido fora do alcance do cão e não deve ser deixado em bancadas, mesas ou bolsas que facilitem o acesso dos caninos.

Treine o seu cão: Treinamento e adestramento são formas extremamente eficazes para evitar que os cães comam algo que caia no chão ou seja deixado ao alcance por descuido.

Gatos podem comer chocolate?

Muita gente não sabe, mas na verdade, os gatos são mais suscetíveis ao envenenamento por teobromina do que os cães. No entanto, dificilmente vamos ouvir sobre um gato ficar doente por comer chocolate.

Principalmente porque os gatos não comem tão indiscriminadamente quanto os cães. Os cães são conhecidos por comer quase tudo que podem encontrar, uma prática que os coloca em risco de envenenamento, enquanto os gatos tendem a ser exigentes. 

Em parte, a maior exigência dos felinos é explicada pelo fato dos gatos não contarem com a capacidade de saborear a glicose. 

Pense conosco: se todo chocolate tivesse gosto de chocolate 100% amargo, provavelmente você também não comeria muito.

Agora que você já sabe que o chocolate pode ser extremamente nocivo para os cães, tome todo o cuidado possível para que eles não consumam esse tipo de guloseima.

Em caso de emergência, procure auxílio veterinário o mais rápido possível.

Gostou das dicas? Então continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de mais novidades e curiosidades sobre o mundo animal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s